O Operador Nacional do Sistema Elétrico mandou Estados e o Distrito Federal reduzirem o fornecimento de energia durante a tarde desta segunda-feira (19). A medida atingiu várias cidades da região noroeste paulista.
Em Araçatuba (SP), cerca de cinco mil clientes da CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) ficaram sem energia por aproximadamente meia hora e três bairros foram afetados. A cidade de São José do Rio Preto (SP) também foi afetada pelo apagão, mas a concessionária não informou quantos moradores foram afetados.
Distribuidoras reduzem energia em estados do SE, Sul e Centro-Oeste
Problema em transferência e pico de consumo provocaram corte de luz
Falta de luz em alguns estados amplia queda e Bovespa fecha no vermelho
Já na região de Votuporanga (SP), quatro municípios também ficaram sem energia por cerca de meia hora, segundo a Elektro. Cosmorama (SP), Américo de Campos (SP), Auriflama (SP) e General Salgado (SP) foram as cidades atingidas. Segundo as concessionárias, o operador determinou o corte de carga de aproximadamente 700 megawatts.
Houve interrupção do fornecimento de energia em municípios de todo o estado de São Paulo. Ainda segundo as empresas, o operador já autorizou o restabelecimento da energia para um terço dos clientes atingidos. A informação é que o apagão fez parte de um procedimento para estabilizar o sistema elétrico nacional.
O sistema elétrico brasileiro enfrenta um momento crítico por conta da falta de chuvas. Na região sudeste, os reservatórios das usinas hidrelétricas estão em média com 19% da capacidade, quando o esperado era no mínimo 40%.